A importância de um Bootcamp no Brasil

Podemos dizer com toda propriedade que todas as ligas do Brasil não tem alguém que já jogou roller derby na gringa e decidiu ensinar a gente por aqui. Tudo o que aprendemos vem da internet: desde os clássicos vídeos da Bonnie D. Stroir até os sites de compartilhamento de drills e de transmissão de bouts (nossa amada Derby News Network).  Nós comemoramos todas as oportunidades de ver/ experienciar o roller derby como ele é.

Essa vontade e sede de viver e aprender com o roller derby lá de fora inspira as ligas a trazerem jogadoras (principalmente americanas) para o Brasil para dar uma espécie de “intensivão roller dérbico”, ao qual chamamos carinhosamente de Bootcamp. Os bootcamps são treinamentos de 4 a 6 horas por dia que ocorrem durante um período de até  5 dias, dependendo do estilo e exigências de quem vier ensinar.

Aqui no Brasil já tivemos a presença de Georgia W. Tush, de Montreal e Bonnie D.Stroir, de San Diego. E se prepare, pois ainda este ano, teremos a presença do árbitro Sugar Daddy (GGRD), trazido pelas meninas da Sugar Loathe (Rio) que vai ensinar os futuros refs e as derby girls mais sobre as regras de arbitragem e como lidar com elas. E para fechar o ano, nada mais nada menos que Helen Wheels, DeRanged e Psychobabble virão para São Paulo para dar um treinamento intensivo para as derby girls de todo o Brasil.

Bootcamp com a Georgia W. Tush, fundadora da liga de Montreal e jogadora do New Skids on the Block..

Um bootcamp é essencial porque, mesmo tendo a internet nos ajudando e nos fazendo aprender, nada como ter pessoas experientes que sabem muito de roller derby nos ensinando. Olhando o que estamos fazendo de certo e de errado, nos ajudando a entender melhor a mecânica de cada movimento, as estratégias, as regras e dividindo conosco aquilo que só quem tem experiência de jogo tem: o know-how.

Além disso, ainda mais agora que o Brasil está com tantas ligas pipocando, é uma oportunidade MUITO legal de todo mundo se conhecer e se entrosar, fazer planos de jogar contra no futuro, aprender muito junto e, finalmente, colocar o Brasil no mapa mundial de roller derby! Afinal de contas, de que adianta tanto treino se jogos não temos?

Você não vai ficar fora dessa, né?

graycityrebels

Article by

3 Comments

  1. Carnage Miranda 21 de junho de 2012

    “Podemos dizer com toda propriedade que todas as ligas do Brasil não tem alguém que já jogou roller derby na gringa”…

    Ué, eu jogava na gringa (HVHRD) e agora jogo no Brasil (LOHT)! :P

    Mas anyway, não que eu fosse ensinar nada pra ninguém, longe de moi. Muito bom mesmo termos o Bootcamp vindo aí. Muito legal a iniciativa!

    Abraço,

    Carnage Miranda #55

    Responder
    • graycityrebels 21 de junho de 2012

      Opa, não sabíamos disso. Enfim, que bom que você jogou fora e tem coisas pra ensinar pras LOHT! A gente por aqui tem corrido atrás de assistir muito bout, procurar drill, vídeos na internet, trazer gringas pra ensinar ou indo viajar pra aprender… E vamo que vamo! ;)

      Responder
      • Carnage Miranda 23 de junho de 2012

        Muito legal – estou muito empolgada com o bootcamp – iniciativa do cacete – parabéns e obrigada por incluir as derby girls do brasil todo. Daqui a pouquinho estamos todas jogando umas com as outras, fazendo “regionals” em SP, vai ser muito bom!!!!!

        Responder

Deixe uma resposta